Tite viu jogos do Brasileiro e pode ter novidades na relação

0

Alguns destaques do Campeonato Brasileiro têm chance de aparecer na lista de convocados para as Eliminatórias

ATUALIZADO 17/09/2020 21:54

Thiago Galhardo e MarinhoBRUNA PRADO/GETTY IMAGES E MIGUEL SCHINCARIOL/GETTY IMAGES
Tite fará mais uma convocação da Seleção Brasileira nesta sexta-feira (18/9), às 12h30, desta vez para o início da disputa nas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022. A grande maioria dos 24 nomes que devem estar na lista do treinador provavelmente não causarão surpresa. No entanto, podem pintar algumas novidades nesta relação, e há chances delas virem do Campeonato Brasileiro.

O comandante do Brasil, junto de sua comissão técnica, observou quatro jogos do Brasileirão e analisou algumas opções que podem ajudar a Seleção a conquistar a vaga na Copa. Pela 4ª rodada, Tite e auxiliares acompanharam Flamengo x Grêmio e Botafogo x Atlético-MG, e na 5ª, observou Flamengo x Botafogo e Palmeiras x Santos.

1

Entre esses seis times vistos de perto pelo professor Adenor Leonardo Bachi, alguns nomes estão se destacando e podem ter cravado seu lugar na Seleção Brasileira. São eles: Marinho e o goleiro João Paulo, do Santos; Everton Ribeiro e Thiago Maia, do Flamengo; Igor Rabello, Guilherme Arana e Jair, do Atlético-MG; além de Pepê, do Grêmio.

Desses oito nomes, apenas o camisa 7 do Rubro-Negro carioca já foi convocado por Tite. Porém, os jogadores incluídos naquela relação, anunciada em 6 de março, sequer entraram em campo, pois a data Fifa foi adiada por causa da pandemia do novo coronavírus.

Opção extra

O dono da camisa 17 do Internacional, Thiago Galhardo, também deve ter passado pela cabeça do técnico da Seleção. Em 10 jogos disputados, o meia — que tem sido utilizado por Eduardo Coudet como centroavante –, marcou oito gols e deu três assistências. Seu desempenho neste começo de Brasileirão fez com que Galhardo se tornasse uma peça fundamental do Colorado, líder da competição.

As partidas do Brasil serão contra a Bolívia, no dia 9 de outubro, e o Peru, no dia 13, em São Paulo e Lima, respectivamente.

Deixe o seu comentário