Scarpa e funcionários do Palmeiras podem ter sido reinfectados por Covid-19

0

Jogador e membros do clube foram infectados em julho com o novo coronavírus e agora, em novembro, novamente

ATUALIZADO 19/11/2020 17:30

MIGUEL SCHINCARIOL/GETTY IMAGES
OPalmeiras pode ter presenciado casos de reinfecção por Covid-19 no elenco. O meia Gustavo Scarpa e mais três funcionários do clube testaram positivo novamente para o novo coronavírus. Os quatro testaram positivo em julho e agora apresentaram sintomas mais fortes da doença.

Scarpa e Daniel Gonçalves, coordenador cientifico do clube, tiveram a doença em julho. À época, os dois apresentaram sintomas leves do vírus. Desta vez, ambos tiveram manifestações mais graves, como falta de ar e e febre. Os outros dois funcionários que testaram positivo novamente não trabalham no departamento de futebol.

Em entrevista ao site Globo Esporte, Gustavo Magliocca, coordenador médico do Palmeiras, comentou sobre o caso. “Reparamos no Palmeiras a carga viral que fez com que eles ficassem doentes. Na primeira vez, foram cargas virais mais baixas e sintomas muito leves, tanto que em 12 dias eles estavam de volta ao trabalho muito tranquilamente. Desta vez, ambos manifestaram carga viral mais elevada, e os sintomas também”, disse.

“O Palmeiras observa atentamente os casos dessas quatro pessoas, entendendo que estamos diante de quatro casos positivos pela segunda vez, e que isso não quer dizer que sejam reinfecções, mas o fato é que essas quatro pessoas testaram positivo duas vezes e isso nos deixa atentos. Estamos monitorando o que dizem as entidades de saúde, e apoiando atletas e funcionários neste momento”, afirmou, sem descartar o diagnóstico de reinfecção.

Deixe o seu comentário