Nem um, nem outro: Inter e Fla ficam no 2 x 2 e seguem empatados na tabela

0

Abel Hernández e Thiago Galhardo fizeram para o Colorado, Pedro e Everton Ribeiro para o Rubro-Negro

ATUALIZADO 25/10/2020 20:33

Internacional x FlamengoRAUL PEREIRA/ESTADAO CONTEUDO
Em ritmo frenético, Internacional e Flamengo fizeram uma partida eletrizante no Beira-Rio neste domingo (25/10). Valendo a liderança do Brasileirão, empataram em 2 x 2, com gols de Abel Hernández e Thiago Galhardo para o Colorado, Pedro e Everton Ribeiro para o Rubro-Negro.

Com a distribuição de um ponto pra cada, as equipes seguem com a mesma pontuação, 35, com os gaúchos em 1º com o maior saldo de gols.

O jogo

Sem dar espaço para os visitante, o Inter começou a partida com duas grandes chances. Após uma chance perdida de Abel Hernández logo no primeiro minuto e boa defesa de Hugo Souza no chute de Heitor no instante seguinte, o Colorado abriu o placar.

No minuto 6, Isla bobeou, Patrick roubou a bola dele e entregou para o atacante uruguaio, que caprichou dessa vez e fez 1 x 0 para o Inter. Quatro minutos depois, o Flamengo chegou ao ataque pela primeira vez e empatou com boa jogada individual de Pedro. O artilheiro bateu rasteiro, no canto, sem chances para Lomba.

Mantendo o ritmo, os gaúchos seguiram pressionando os cariocas e aos 24, Gustavo Henrique errou e entregou a bola para Thiago Galhardo. O goleador do Colorado dominou a redonda no peito e fez o segundo do Inter.

Aos 37, Neneca foi bem novamente. Galhardo entrou na área, chutou cruzado e o guardião rubro-negro impediu que a bola entrasse. No lance seguinte, aos 40, o camisa 17 recebeu boa bola, livre de marcação, ficou cara a cara com Hugo, calmamente, o encobriu e correu pro abraço. Mas o gol foi anulado pelo assistente que viu impedimento do jogador.

2º tempo

Os primeiros movimentos da etapa final foram completamente diferentes do que ocorreu no primeiro tempo. O Flamengo começou com mais posse de bola e jogando no campo de defesa do Inter.

Aos 4 minutos, Marcos Guilherme carimbou um chute na trave de Hugo. Na sequência, Pedro tentou um voleio, mas a bola foi por cima da meta de Lomba. Logo depois, o artilheiro teve outra grande chance, mas Moledo o atrapalhou e ele acabou mandando para a linha de fundo.

Quando o relógio marcava 12 minutos, Thiago Maia lançou Isla e o chileno fez o passe para Pedro. O camisa 21 fez o giro já finalizando e o guardião do Colorado fez grande defesa. O rebote na entrada da área ficou na medida para Filipe Luís que chegou enchendo o pé, de primeira, e a bola explodiu no travessão.

Aos 16, a chance de ouro ficou nos pés de Patrick. Ele recebeu bom passe de Edenílson e bateu rasteiro cruzado, fora do alcance de Neneca, mas acabou tirando demais. A bola passou muito perto da trave e o lance terminou em tiro de meta.

No minuto 21, Heitor foi milagroso. Vitinho recebeu dentro da área, tirou de Lomba, que saiu do gol pra pressionar o atacante, e chutou. O camisa 2 estava tirou em cima da linha e deu rebote para Pedro, que bateu forte, de primeira, mas novamente o lateral estava esperto e impediu o empate.

O empate do Flamengo saiu nos acréscimos, no minuto 49. Gerson cruzou na cabeça de Everton Ribeiro e o capitão guardou a bola no canto de Marcelo Lomba.

Deixe o seu comentário