Mundo passa dos 5 milhões de casos de covid-19, com Brasil em 3º lugar

0

País concentra 5,5% dos casos do planeta e tem 6 vezes mais mortes que a Rússia, atual 2º lugar da lista de contaminações
CB Correio Braziliense
postado em 21/05/2020 06:20 / atualizado em 21/05/2020 06:23
Monitor da Universidade John Hopkins mostra disseminação do novo coronavírus pelo mundo(foto: Universidade John Hopkins/reprodução)
Monitor da Universidade John Hopkins mostra disseminação do novo coronavírus pelo mundo
(foto: Universidade John Hopkins/reprodução)
O mundo ultrapassa, nesta quinta-feira (21/5), a marca dos 5 milhões de casos confirmados de contaminações pelo novo coronavírus (Sars-cov2). No ranking global da covid-19, os Estados Unidos concentram 30% de todos os casos registrados no mundo, com cerca de 1,5 milhão de casos confirmados, dos quais 93 mil perderam as vidas.Continua depois da publicidade

SAIBA MAIS
13:50 – 20/05/2020
Na África subsaariana, estigma atrapalha ação contra o coronavírus
12:33 – 20/05/2020
Irã afirma estar perto de ”controlar a epidemia de covid-19”
12:24 – 20/05/2020
França volta a fechar algumas praias após desrespeito a regras de distância
O Brasil se consolida no terceiro lugar do triste ranking da doença. Segundo o Ministério da Saúde, até o momento, são 291,5 mil casos acumulados desde março. O país fica atrás também da Rússia, que lida com mais de 317 mil casos. Apesar do número maior de confirmações, o maior país em área territorial do mundo registra seis vezes menos mortes do que a realidade brasileira: são 2,9 mil mortes contra 18 mil. No ranking de fatalidades, o Brasil ocupa a sexta posição, atrás de Estados Unidos, Reino Unido, Itália, França e Espanha.

Covid-19 no Brasil
Infogram

Ainda em ascensão no país, com recordes diários registrados pelas autoridades de saúde brasileiras, a doença parece seguir estável e em alta no mundo: são entre 70 e 100 mil novos casos confirmados por dia desde o final de abril. O último registro diário do Ministério da Saúde deu conta de 17 mil novos casos do Brasil, o que significa dizer que, por ora, quase dois em cada cinco casos registrados no mundo são residem em solo brasileiro.

Deixe o seu comentário