Mortes por semana epidemiológica de Covid-19 no DF caem e atingem índices de junho

0

Em relação às infecções, os índices também caíram. No DF, passaram de 4.735 na semana imediatamente anterior para 4.457, queda de 5,9%

 

CORONAVIRUS DF - Ambulancia - EnfermeiroJACQUELINE LISBOA/ ESPECIAL PARA O METRÓPOLES
O Distrito Federal registrou mais uma queda na última semana epidemiológica de Covid-19, segundo balanço divulgado pelo Ministério da Saúde. Os registros, analisados pelo (M)Dados, núcleo de jornalismo de dados do Metrópoles, mostram que os óbitos sofreram redução de 33,8% quando comparados ao período imediatamente anterior, chegando ao patamar contabilizado no início de junho.

Foram 84 óbitos entre os dias 18 e 24 de outubro. Entre 11 e 17 de outubro, o DF havia contabilizado 127 mortes.

Há quatro meses, a capital do país havia passado de uma escalada do número de óbitos por Covid-19 a uma estabilização nas alturas. Mas, agora, contabiliza queda significativa.

Na primeira semana de junho, 46 pessoas morreram em decorrência de complicações da doença. Uma semana depois, o número saltou para 85. E, em mais sete dias, já eram 111 vítimas.

O ritmo de fatalidades aumentou nos períodos seguintes (133 e 134 casos), ficou estável por cinco semanas (com média de 30 mortes por dia) e em agosto chegou ao pico, contabilizando 299 óbitos. Logo após, na 35ª semana epidemiológica, apresentou queda (193 vítimas), mas voltou a crescer, computando 250 vidas perdidas. Sete dias depois, caiu para 183, em seguida reduziu para 165 e chegou a 135. Em um mês, a taxa já está em 84.

Em relação às infecções, os índices também caíram. No DF, passaram de 4.735 na semana imediatamente anterior para 4.457, queda de 5,9%.

Veja gráficos:

Deixe o seu comentário