Médicos detectam DST em criança de 2 anos e mãe registra BO

0

Bebê apresentou marcas de violência sexual e lesões causadas por doença sexualmente transmissível

ATUALIZADO 18/10/2020 13:35

DIVULGAÇÃO
A mãe de uma bebê de 2 anos e 11 meses procurou a polícia em Cuiabá, após levar sua filha em três médicos e ao menos dois detectarem que a menina estava com lesões causadas pela doença sexualmente transmissível HPV (papilomavírus humano).

Segundo a mãe, em agosto, ao trocar a fralda da bebê, ela notou algo estranho no genital da filha. Por isso, no dia 10 daquele mês, levou a bebê em uma clínica em Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá).

Confira a matéria completa no site O Livre, parceiro do Metrópoles.

Deixe o seu comentário