Jovem de 25 anos mata companheiro a facadas no Sol Nascente

0

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) trata o caso como legítima defesa. Em depoimento, a jovem contou que o homem a teria xingado e a esganado

DD
Darcianne Diogo
Renan de Araújo Oliveira teria sido morto após uma discussão com a companheira -  (crédito: Reprodução/Redes sociais)
Renan de Araújo Oliveira teria sido morto após uma discussão com a companheira – (crédito: Reprodução/Redes sociais)

Uma jovem de 25 anos foi presa na madrugada desta terça-feira (16/2) após matar o marido, de 33 anos, a facadas, no Setor Habitacional Sol Nascente. Apesar da detenção, a Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) trata o caso como legítima defesa e a mulher foi liberada.

Em versão relatada à polícia, a jovem contou que, momentos antes do crime, ela e o companheiro, identificado como Renan de Araújo Oliveira, discutiram. A mulher contou, ainda, que foi para a casa depois da briga, mas teria sido impedida de entrar na residência pelo rapaz.

Na delegacia, a jovem disse que foi xingada, empurrada contra a parede e esganada pelo esposo. Segundo a PCDF, durante o depoimento, ela contou que conseguiu se desvencilhar, se armou de uma faca e, no momento que o homem veio para cima dela, desferiu três facadas contra as costas dele. O casal morava junto há algum tempo e tinha dois filhos, de idades não reveladas.

Renan foi socorrido e encaminhado ao Hospital Regional de Ceilândia (HRC), onde passou por cirurgia, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Inicialmente, o fato foi registrado na 15ª Delegacia de Polícia (Ceilândia Centro), mas como a linha de investigação é crime cometido no âmbito da violência doméstica, a ocorrência será apurada pela Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam 2).

Tags

Deixe o seu comentário