Dengue: moradora de Ceilândia é 1ª morte pela doença em 2021; DF ultrapassa marca de 4 mil casos

0

O Distrito Federal registrou a primeira morte por dengue em 2021. A vítima é uma moradora de Ceilândia, na faixa etária de 40 a 50 anos, que não teve a identidade divulgada. O óbito ocorreu em abril e consta no mais recente boletim epidemiológico da Secretaria de Saúde, divulgado na sexta-feira (30).

O levantamento considera dados de 3 de janeiro até 17 de abril. Apesar do registro de óbito, o número de mortes pela doença este ano é menor que no mesmo período de 2020, quando 18 pessoas morreram de dengue.

Os casos da doença causada pelo mosquito Aedes aegypti também estão em queda na capital federal. Nos quatro meses de 2021, as notificações caíram 81,6%, segundo a Secretaria de Saúde. São 4.032 prováveis, contra 21.857 no mesmo período do ano passado.

Do total de notificações, foram contabilizados dois casos considerados graves, ante 35 em 2020. Atualmente, a taxa de incidência de dengue no DF é de 132,09 casos por 100 mil habitantes.

Casos por região
Planaltina é a única região do DF com alta no número de casos (veja tabela abaixo). Segundo o boletim, foram 804 notificações da doença em 2021 contra 785 no ano passado – o que representa um aumento de 2,4%.

Deixe o seu comentário