CEILÂNDIA RECEBE UNIDADE MÓVEL DA SECRETARIA DA MULHER

0

CEILÂNDIA RECEBE UNIDADE MÓVEL DA SECRETARIA DA MULHER

COMPARTILHAR

Ceilândia recebe unidade móvel da Secretaria da Mulher

O espaço oferece consultas e informações sobre o câncer de mama, além de atendimento e acolhimento psicossocial às mulheres vítimas de violência

 

Em comemoração ao Outubro Rosa a maior cidade do Distrito Federal recebe a unidade Móvel da Secretaria da Mulher durante os dias 5, 8 e 16 de outubro, em frente a UPA de Ceilândia.

O ônibus conta com consultórios, nos quais enfermeiros do IGESDF irão orientar as mulheres a fazerem o autoexame das mamas e também como procurar ajuda médica em caso de suspeita de um câncer, bem como encaminhá-las para exames, caso haja indicação.

Para o administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, a iniciativa de oferecer atendimento e orientação as mulheres sobre o câncer de mama vai beneficiar diretamente a qualidade de vida dessas pessoas. “ Sabemos quanto mais cedo o diagnóstico mais chances tem a paciente de cura. Somos a maior cidade do DF e precisamos de serviços como este para atender a grande demanda da população”, ressalta Marcelo Piauí.

A Secretária da Mulher do DF Érica Fillippelli diz que a unidade móvel irá atender às mulheres no diagnóstico e na prevenção do câncer de mama. ” Os casos confirmados iremos encaminhar a rede pública de saúde e com especialistas. Neste primeiro momento queremos acolher e orientar às mulheres de Ceilândia, também contamos com uma equipe capacitada para atender e encaminhar vítimas de violência”, explica a secretária.

A iniciativa faz parte da programação do Outubro Rosa do Governo de Brasília e conta com a Secretaria de Saúde do DF, do Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (IGESDF) em parceria com a Rede Feminina de Combate ao Câncer e Secretaria da Mulher.

MARCAÇÃO DE CONSULTAS – A marcação das consultas e exames para o HB e HRSM estará disponível através do telefone 3550-8900, ramal 9016. As seis Unidades de Pronto de Atendimento (UPAs) podem ser buscadas nas regiões administrativas pelas mulheres que se enquadrem nos critérios de idade. Sendo que, serão disponibilizados 20 atendimentos diários durante o período.

 

  

Deixe o seu comentário