Bolsonaro anuncia Carlos Alberto Decotelli como novo ministro da Educação

0

Anúncio foi feito pelas redes sociais. Decotelli substitui Abraham Weintraub, que deixou o cargo na semana passada

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) anunciou na tarde desta quinta-feira (25/06), por meio de suas redes sociais, que o novo ministro da Educação será o professor Carlos Alberto Decotelli da Silva.

Cerca de 20 minutos após o anúncio do presidente, a nomeação de Decotelli foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União (DOU).

O professor assume o cargo uma semana após o ex-ministro da pasta Abraham Weintraub anunciar que deixaria o governo, para assumir um cargo de diretor representante do Brasil no Banco Mundial, em Washington (EUA).

Oficial da Marinha, Carlos Alberto Decotelli da Silva presidiu o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) entre fevereiro e agosto do ano passado.

De acordo com um levantamento do Metrópoles, feito à época, durante os 169 dias que ficou à frente do órgão, o agora novo ministro da Educação esteve ausente do FNDE 38 vezes, um total de 23% do tempo.

Nesse período, segundo dados divulgados pelo Portal da Transparência, o governo federal desembolsou R$ 67 mil com os deslocamentos. Decotelli esteve em destinos como Salvador, Rio de Janeiro, Fortaleza, Recife e Natal, entre outros.

Perfil
Desde o governo de transição do então presidente eleito, Jair Bolsonaro, Decotelli dava expediente, continuamente, no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), em Brasília.

Decotelli é bacharel em ciências econômicas pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), mestre pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), doutor pela Universidade de Rosário (Argentina) e pós-doutor pela Universidade de Wuppertal, na Alemanha.

Deixe o seu comentário