Após vetar Renda Brasil, Bolsonaro libera criação de outro programa social

0

Informação foi dada pelo relator do Orçamento no Congresso, Márcio Bittar. Parlamentar diz que proposta estará definida na semana que vem

IGO ESTRELA/METRÓPOLES
O relator do Orçamento da União para 2021 no Congresso Nacional, senador Márcio Bittar (MDB-AC), anunciou nesta quarta-feira (16/9) que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) autorizou a criação de um outro programa social.

Bittar se reuniu com o presidente na manhã desta quarta, no Palácio do Planalto, e conversou com a imprensa sobre a pauta do encontro. Segundo o parlamentar, Bolsonaro “deu sinal verde” para a criação da proposta.

Na terça (15/9), o presidente Jair Bolsonaro disse que estava “proibido” se falar em Renda Brasil, que viria a ser um substituto do Bolsa Família. A reação do presidente se deu após alguns jornais noticiarem que a equipe econômica do governo estudava propor a suspensão do reajuste dos benefícios previdenciários pela inflação por dois anos.

“Tomei café da manhã com o presidente da República. Agora, antes do almoço conversamos mais um pouco, e eu fui solicitar ao presidente se ele me autorizava a colocar dentro do Orçamento a criação de um programa social que possa atender milhões de brasileiros que foram identificados ao longo da pandemia e que estavam fora de qualquer programa assistencial. O presidente me autorizou”, disse Bittar.

De acordo com o relator, o próximo passo é articular a proposta com líderes do governo no Senado e na Câmara dos Deputados, além de elaborar os principais pontos junto à equipe econômica do governo. A ideia, segundo Bittar, é apresentar o relatório com a criação do programa já na próxima semana.

Bittar, no entanto, não disse de onde sairiam os recursos para bancar o novo programa social. “Não adianta agora a gente especular do que que vai tirar, de onde vai cortar. Mas eu estou autorizado pelo presidente, ele me deu sinal verde”, acrescentou.

 

Deixe o seu comentário