Abertas as inscrições para a 7ª Olimpíada de Língua Portuguesa

Edição deste ano vai valorizar os relatos práticos das aulas on-line

Abertas as inscrições para a 7ª Olimpíada de Língua Portuguesa

Estão abertas as inscrições para a 7ª edição da Olimpíada de Língua Portuguesa (OLP). Neste ano, com o tema Escrevendo o Futuro, o concurso abordará o processo de aprendizagem no ensino remoto. Destinada a estudantes e professores das escolas públicas brasileiras, a Olimpíada aceita inscrições exclusivamente pela internet até o dia 30 deste mês. Interessados podem se inscrever gratuitamente, no Portal Escrevendo o Futuro. Para acessar, clique aqui.

Nesta quarta-feira (7), às 17h, haverá um webinário com informações técnicas desta edição. A transmissão será pelos canais da Secretaria de Educação (SEE) no Facebook e no YouTube.

Diferentemente das edições anteriores, a deste ano visa acompanhar e valorizar a prática, com registros dos processos de ensino e aprendizagem de professores e estudantes na produção de texto em um dos gêneros propostos: poema (5º ano), memórias literárias (6º e 7º anos), crônica (8º e 9º), documentário (1ª e 2ª séries do ensino médio) e artigo de opinião (3ª série do ensino médio).

“O que mais gosto na Olimpíada é o processo didático. Temos a oportunidade de trabalhar o gênero textual e ampliar o repertório do aluno. É um momento enriquecedor ver o crescimento do estudante e a evolução da capacidade de escrita”Rozely Martins, professora

O professor poderá se inscrever em uma ou mais categorias, de acordo com as séries escolares para as quais leciona. Em uma mesma unidade poderão se inscrever quantos professores o desejarem.

Inovações

Essa edição procurará relatos de inovações em meio às aulas remotas. Os relatos poderão ser apresentados em vários formatos, como fotografias, vídeos, áudios e textos. Será uma oportunidade de mostrar como ocorre a relação professor-estudante durante o trabalho pedagógico realizado no dia a dia.

A professora Rozely Martins atua na rede pública do DF desde 2016 e já participou de várias edições da OLP. “O que mais gosto na Olimpíada é o processo didático. Temos a oportunidade de trabalhar o gênero textual e ampliar o repertório do aluno. É um momento enriquecedor ver o crescimento do estudante e a evolução da capacidade de escrita”, conta.

Este ano, a professora vai participar do concurso enxergando-o como uma oportunidade para pensar sobre sua prática e ampliar as possibilidades pedagógicas para o trabalho com o gênero documentário. Ela atua leciona para a 1ª série do ensino médio do Centro Educacional 416 de Santa Maria.

Essa edição da OLP traz a possibilidade da criação de conteúdos multimídia como ferramenta para compartilhar momentos importantes vivenciados nas salas de aula. Ainda envolve a produção de um álbum da turma, que pode ser por meio de fotografias, vídeos, áudios, storyboards, trailers e memes, entre outros formatos.

A 7ª edição da Olimpíada de Língua Portuguesa ainda possibilitará aos professores participarem de cursos on-line oferecidos pelo programa Escrevendo o Futuro, que é uma iniciativa do Itaú Social, com coordenação técnica do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec).

*Com informações da Secretaria de Educação