Secretaria de Saúde confirma sétima morte por dengue este ano no DF

0

Para combater a doença, o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), solicitou ajuda do Exército Brasileiro
WG Walder Galvão
postado em 02/04/2019 16:40 / atualizado em 02/04/2019 18:29
(foto: André Borges/Agencia Brasília)
(foto: André Borges/Agencia Brasília)

Após o preocupante aumento de pessoas diagnosticadas com dengue no Distrito Federal, a Secretaria de Saúde confirmou a sétima morte por causa da enfermidade apenas este ano. O caso aconteceu no Núcleo Bandeirante, em 23 de março de 2019. Em igual período do ano passado, apenas uma morte por causa da doença transmitida pelo mosquito Aedes aegypti foi registrada nas unidades de saúde da capital.

De acordo com o último boletim, divulgado pela pasta na segunda-feira (1°/4), 5.759 casos foram notificados desde janeiro. Desses, 788 foram descartados e 4.981 são considerados prováveis. A capital está em estado de alerta para a doença, mas o órgão garante que a incidências não configura epidemia. O último levantamento também aponta que, além das sete mortes, ocorreram cinco casos graves e 78 com sinais de alarme.

Continua depois da publicidade

Por causa do aumento do número de casos este ano, quase 600% comparado ao ano passado, o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), solicitou ajuda ao Exercício Brasileiro para combater a doença. De acordo com o chefe do Executivo, reuniões com os militares ocorrerão esta semana para elaborar planos de combate ao Aedes Aegypti – que transmite também zika e chicungunha.

No domingo, o Correio divulgou matéria sobre a dor de pessoas diagnosticadas com a doença. Além disso, a reportagem traz especialistas comentando sobre prevenção e cuidados que pessoas devem ter para evitar que a doença se propague.

COMPARTILHE

Deixe o seu comentário