Ibaneis anuncia isenção de IPVA por 5 anos para quem comprar carro elétrico

0

Para que a intenção seja efetivada, o Executivo terá de elaborar um projeto de lei a ser encaminhado à Câmara Legislativa
BL Bruna Lima
postado em 07/10/2019 12:00 / atualizado em 07/10/2019 14:09
O GDF recebeu 12 dos 16 carros elétricos que vão compor a frota pública do DF(foto: Bruna Lima/CB/D.A.Press)
O GDF recebeu 12 dos 16 carros elétricos que vão compor a frota pública do DF
(foto: Bruna Lima/CB/D.A.Press)

Para estimular o uso de transportes com uso de energia elétrica, o governador Ibaneis Rocha quer isentar o pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) por cinco anos a quem adquirir um carro elétrico. O incentivo foi anunciado durante a cerimônia de lançamento do programa Vem DF, que tem como foco a introdução de veículos para eletromobilidade na frota pública.

“É uma modernidade que está chegando, diminui a questão da poluição e é uma tentativa que nós vamos fazer para incentivar as pessoas a usarem os carros elétricos”, disse Ibaneis, que ainda afirmou estudar a isenção para donos de veículos híbridos. “Quero fazer de Brasília uma cidade realmente sustentável.”

Para tornar a medida efetiva, o governo deve elaborar um Projeto de Lei a ser encaminhado para deliberação na Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF). O GDF não estabeleceu data para o envio.

Continua depois da publicidade

A intenção do governador é possibilitar a isenção do imposto até completar o quinto ano do automóvel a partir da aprovação da lei para aqueles que já adquiriram carros elétricos ou híbridos.

Vem DF

O Governo do Distrito Federal (GDF) lançou, na manhã desta segunda-feira (7/10) o programa Vem DF. Durante a cerimônia , que ocorreu no Palácio do Buriti, foram entregues 12 dos 16 carros previstos para este ano. A iniciativa é uma parceria entre o governo local, a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) e o Parque Tecnológico de Itaipu (PTI).

Este é o primeiro projeto de compartilhamento de veículos elétricos voltado para o transporte de servidores públicos no Brasil. “Temos conseguido avançar e muito em tão pouco tempo. Vamos transformar Brasília na capital nacional de tecnologia e recursos renováveis”, afirmou Ibaneis.

Até o fim do ano, chegarão mais quatro carros e serão instalados 35 pontos de carga por todo o DF. Os chamados eletropostos serão gratuitos e de uso coletivo, ou seja, poderão ser utilizados por qualquer carro elétrico, de qualquer montadora.

O investimento é de R$ 2,1 milhões, todo com recursos da ABDI. “Os carros elétricos estão em um avanço contínuo tecnológico. O que nós estamos propondo é desenvolver essa cadeia produtiva, incentivando empresas a praticar os projetos tecnológicos no Brasil para que sejam mais escalaveis e com custos menores”, explicou o presidente da ABDI, Igor Calvet.

Neste período de testes, a rota será restrita à Esplanada dos Ministérios e sedes dos órgãos da administração do DF. Os veículos elétricos têm autonomia de até 100 Km e velocidade de até 80 Km/h.

O compartilhamento dos carros será viabilizado por um software (Mobi-e), desenvolvido pelo PTI. O sistema permite reservar e acompanhar a localização dos automóveis. O aplicativo faz o rastreamento, monitora a velocidade, a carga de bateria e as rotas percorridas. Os carros serão desbloqueados com cartões dos funcionários cadastrados.

COMPARTILHE

Deixe o seu comentário