“Abandono: uma jangada que sai sem você dentro dela.

0

“Abandono: uma jangada que sai sem você dentro dela.

(Adriana Falcão.)

Essa frase da Adriana Falcão ilustra muito o descaso de um lugar que poderia ser tão bem cuidado não só pelo estado, mas também por aqueles que ali frequentam todos os dias. A praça fica na quadra 501 no Sol Nascente. Outubro de 2015 o governo do DF lançou por meio da CODHAB o programa cujo o nome se chama : AÇÕES URBANAS, gerenciado pela CODHAB, o programa consiste em transformar áreas através de mutirão, as ações são realizadas com a participação de profissionais, estudantes de arquitetura e urbanismo, envolvem também os moradores das comunidades locais. O objetivo desse programa é transformar o espaço público, uma praça, uma biblioteca ou os muros das casas de uma rua, as praças em Ceilândia por exemplo ficam em becos e quadras colegiais. São boas iniciativas mas se não há manutenção ou melhor atenção constante, cai no abandono, pois é!, poderia ser uma linda praça onde as crianças pudessem brincar de ciranda cirandinha entre outras brincadeiras da infância, ela fica aqui no Sol Nascente trecho 1. Quem quiser ver de perto pode conferir que num período de férias quase não existe atrações para as acrianças daqui. Parquinhos com brinquedos uau! Mas fica só na imaginação dos pequeninos. O jeito é sonhar com uma linda praça num mundo bem distante ou esperar por mais alguns anos, quem sabe até numa nova gestão que queira se importar com a qualidade de vida das periferias de Brasília, pois só assim o crime não evolui.
E para finalizar é bom refletir nessa outra frase do poeta Mario Quintana.
O que mata um jardim não é o abandono. O que mata um jardim é esse olhar de quem por ele passa indiferente… E assim é com a vida, você mata os sonhos que finge não ver.

Mario Quintana

COMPARTILHE

Deixe o seu comentário